Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2019

Ceborreia

Imagem
contratos,              catados,                          cansados,                                        canseira!
compassos,                   recados,                               grosseria,                                             rampera!
contatos,              calados,                          celeuma,                                       centrípeta!
contratos,                compassos,                                 contatos,
                                             conjectura!




Inefável

Imagem
Inefável, a verdade é que queria estar nu Inefável, poder supremo megalomaníaco Inefável, regozijo-me nas veredas da vergonha alheia Inefável, joelhos que não aguentam tantas súplicas...

Inefável, poderia, quem sabe, estar no mar? Inefável, som inquebrantável dos desejos! Inefável, tire-me da ignorância do tudo-sei Inefável, nas grutas profundas do centro do mundo
Inefável, inefável, inefável!


Sempre-nunca

Imagem
No despertar da lótus, teu reflexo no espelho, sublinhando ancestrais demandas, e passivos comunitários semblantes
Ação e reação, carma frutificando intenções, más, boas e neutras
Shiva, libertarás Darei-lhe vontade própria Flutuará, então, de volta para casa
Talvez, sempre-nunca nunca, talvez, sempre E nestes cânticos, emerso
Futuro-passado,
tempo atemporal




Ode Tupinambá

Imagem
Propostas licorosas,
Metástases profanas, Cachaça-bacana, ateu!
Rangendo o canto da boca, O pitagórico soco grotesco, Teseu!
Há o nada. Nadando em piscinas cristalinas Da retina contida, tupinambá!
Do sangue escorrido, Do choro contido,
Do falso refém...







Hoshana

Imagem
Ó Senhor, tendo criado todas as coisas, submetidas a Ti, desejou à perfeição  O divino e terreno-mundano,  com corpo grosseiro e terreno, mas alma espiritual e celestial
Estivesse em busca da perfeição Desejou-o durante toda a criação, a expiração e inspiração do Todo-nada, de dentro de Ti manifestou o sopro primordial
Submeteu, então, toda a terra e seus habitantes,  e forneceu meios para que anjos  se tornassem familiares
Alguns destinados a regular os astros, outros para habitar os elementos primordiais,  outros para ajudar e orientar os homens,
outros para cantar continuamente tuas glórias


Conhece-te a ti mesmo

Imagem
No ato de querer intensificarás,  conscientemente, a sua vontade,  Teu desejo!
No ato de querer, aflorarás a ciência natural desconhecida, Teu desejo!
Conhece-te a ti mesmo,  manusya! Tudo tem a ver com tudo... Qual a tua verdadeira vontade, neófito?
O que governa todo o sistema?