Cântico do neófito

Límpidas hierarquias do universo eneágono
Chuva caída, raios cintilantes e trovões
Genuflexo perante cognoscível-incognoscível da razão

Deturpado pelos amores terrenos
Lacrimejava ao ver, com encanto
a verdade da árvore da vida.

No embalo de uma canção de ninar
Na aglutinação de consciências,
Que ainda estarão neste beira-mar.

Poeira cósmica que tocará teu semblante
Como uma reprise inédita deste cântico
Genuflexo-mártir da terra de Hanokh



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Hirto

Ósculo

Pax

Necrochorume

Último respiro

Tarsila e Pagu

Canção do Exílio a Dom Bertrand

Oniquito