Sétimo véu


A poeira vai dissipar-se;
Ela vai.
Reabrirá o livro de memórias.

Como estão todos vocês?

Ela vai, mas o tempo não?

Todos os rostos conhecidos,
Atualmente, ilustres desconhecidos.
Acorrentados em enzimas translúcidas.

E para onde foram tantas promessas?
Encontrarei-os?
Transgredindo o sétimo véu!



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Hirto

Ósculo

Pax

Necrochorume

Tarsila e Pagu

Último respiro

Oniquito

Buddhyahaṅkāra

Canção do Exílio a Dom Bertrand