Postagens

Mostrando postagens de Março, 2018

Adsumus

Imagem
Neste mundo, o coração é um covil de assassinos,
antro de pestilência,
doença contagiosa:
epidêmica!

Dirijo-me pelos vales de sombras
e conduzo meu coração a luz,
E conheço-a, mundo,
este coração é
um covil pestilento

Apregoado na derme micosada,
pelos vales de ignorância,
conduzirei este coração e
me concebeis com um ente em sua morada!



Sétimo véu

Imagem
A poeira vai dissipar-se;
Ela vai.
Reabrirá o livro de memórias.

Como estão todos vocês?

Ela vai, mas o tempo não?

Todos os rostos conhecidos,
Atualmente, ilustres desconhecidos.
Acorrentados em enzimas translúcidas.

E para onde foram tantas promessas?
Encontrarei-os?
Transgredindo o sétimo véu!



Corpus Hermeticum

Imagem
Não há nada!
Sabedoria do Corpus Hermeticum,
Minutos…

Há espera da reprise dos mesmos cantos!
Os ruídos que não cessam,
tempo que não apedreja.

Na esperança de encontrar o Sigilo.
De levitar, unir peregrinos.
Minutos…

Há espera da reprise dos encantos.
Da queda, do levante!
Que o Verbo, presente está, nestes cantos.

Fragmentos próximos ou distantes!