Postagens

Insatisfação desejante

Imagem
Amor é desejo, eros.
Desejo é a falta.
A inclinação do homem para o que ele não tem.

Amar é desejar,
desejar é não ter!
Equação macabra!

Ou desejas o que não tem
Ou quando tens o que deseja,
não o desejas mais.

Amor pelo trabalho, no desemprego.
Amor pelo dinheiro, na pobreza.
Amor pela paz, na guerra!

Todos desejantes,
inferência imediata.
Guiados pela insatisfação,
desejante!

Matéria-prima da politica,
gestão do desejo.
Busca da redução interrupta da ausência

Se fosse a gestão da satisfação,
cogitaríamos solução de convivência boa,
de uma vez por todas.

Não buscaríamos, mais nada.
Conservação do status quo de satisfação.
Uma utopia, ilusão!

Todo desejo satisfeito é extinto.
Ocupado por um novo,
desejo!



Exortação

Imagem
Aos bons homens, inspirados por
Almeida Garret a Andrada e Silva
José do Patrocínio e Princesa Isabel

Aos homens de Ítaca
assistem, sem escrúpulos,
homens que enriquecem
em detrimento a cousa pública
sindicatos, lojas, órfãos da moral

Que misturam retidão a amantes
direito social a apadrinhamento de confrades

Doutores enfadonhos milionários
a margem da lei, da moralidade, da ética
dos interesses mesquinhos,
partidários, eleitorescos e sindicais.

De estágios com paternidade,
de comissionados, sem capacidade.
de diretores, sem dignidade.
supersalários a abastados...

A Gregório de Matos, concordo,
o que falta é vergonha!
Aos opositores, moral.
Aos paladinos das regras, capacidade.

As amantes que contenham os falastrões.
Abaixo-assinados manchados pela desonra
A massa-manobra, o fardo
gado, gadu, grosserias!


Três vezes

Imagem
Tábua da esmeralda cintilar epopeia, Caldeu
No pântano imundo dos que perecem em ti, ó Thoth
Três vezes grande, três vezes!

Na antro, no canto, no santo!
Comigo, contigo e com todos nós!
Três vezes grande, três vezes.

No livro dos mortos,
Interoperar contínuo entre todos os fractais
cintilante experiência, vivência!

Três vezes grande, três vezes!




Prasãda

Imagem
Consciência d'alma,
tu és o que és
como grandes amigos

Imagens sacras e seculares no divã
não sou minha mente,
não sou meu pensamento.

Prasãda de quimeras indomáveis
Passagem para um mundo indubitável
Estarei junto a ti aqui e ali

Como posso junto a ti, em ti?
Como posso junto a si, em si?
Como posso junto a vos, em vos?




Eu

Imagem
És teu templo, tua morada, tua luz
És teu Deus, teu atma, teu discípulo.
Teu caminho, tua verdade, tua luz.

Vitrice sombrio kármico,
quântico atma para a graça,
receptiva personalidade em malkuth

Veículo uníssono desta epopeia
auto-reflexão e conhecimento
rezas, orações e mantras hindus

És tudo-nada
És tudo-graça
És tudo-darmico

Teu caminho, verdade e luz!




Caminho

Imagem
Não há literatura sagrada,
Não há modelo perfeito,
Não há, não há, não há.

Não sabes a perfeição, temporariamente;
causal caminho para alma.
Não há, não há, não há.

Você é o caminho
o único caminho
cansado, sonâmbulo, sobrinho.